Marcelo Katsuki

Comes e Bebes

Perfil Marcelo Katsuki comenta o melhor da gastronomia

Perfil completo

Como fazer biomassa de banana verde

Por Marcelo Katsuki
27/08/14 10:32

bio14-bananaverde

Ando ligado em comida funcional, deve ser coisa da idade. E desde que vi uma mulher em um programa de tv falando que curou até uma depressão braba comendo biomassa de banana verde, fiquei intrigado. Deprimida, ela se isolou em uma casa no campo e se entupiu de banana. Ai, que cena triste… Mas não, ela logo ficou boazinha e acabou ganhando fama com esse documentário na tv. Banana rocks!

Recentemente comi um brigadeiro de biomassa num restô funcional e badalado, mas não me lembro do nome (gente, preciso começar a comer biomassa, urgente!). O brigadeiro não estava lá muito atraente: de tão mole, parecia uma sopa. Mas o sabor era ótimo, quase não se percebia a banana. Aliás, uma das utilizações da biomassa de banana é como espessante natural, podendo ser usada no lugar do creme de leite, da maionese e do leite condensado. Daí eu vi vantagem.

Mas chega de encher linguiça e vamos à biomassa. Essa receita é da chef funcional Lidiane Barbosa, que utiliza o produto para preparar bolos, biscoitos, sucos, vitaminas, sorvetes e molhos. Mas hoje vamos aprender a fazer a biomassa –depois eu publicarei algumas receitas.

Segundo a chef, a biomassa contribui para a prevenção do diabetes e ajuda a reduzir o colesterol. Mas tem uma dica importante: não pode ser usada a banana vendida em supermercados pois ela passa por um processo para acelerar seu amadurecimento. Você precisa encomendar na feira, onde algumas barracas de frutas conseguem a banana verde direto com o produtor, sem passar por estufas.

 

bio14-massa2

Receita de biomassa de banana verde

1. Tire as bananas uma a uma do cacho, cuidando para que esse corte seja bem rente para que nenhuma parte interna sofra contaminação no momento do cozimento.
2. Lave uma a uma com água e sabão enxaguando bem.
3. Em uma panela de pressão coloque água até a metade, acenda o fogo e deixe a água ferver.
4. Quando estiver fervendo coloque as bananas. A água precisa estar fervendo, pois, esse choque térmico faz parte do processo.
5. Tampe a panela. A água deve ser suficiente para deixar as bananas cobertas, e quando começar a ouvir o barulho da pressão, abaixe o fogo, conte 8 minutos e desligue. Deixe que a pressão toda saia naturalmente da panela, não acelere o processo abrindo a panela.
6. Destampe a panela e descasque as bananas ainda quentes para facilitar o processo.
7. Bata no liqüidificador. Se necessário, acrescente um pouco de água para formar uma pasta. Está pronta.
A biomassa dura de 3 a 6 meses no congelador. Congele em porções pequenas. Na geladeira o ideal é consumir em até 3 dias. Ah, você pode utilizar qualquer tipo de banana, desde que ela esteja verde.

Em tempo: o X Congresso Internacional de Nutrição Funcional acontecerá em São Paulo nos dias 11, 12 e 13 de setembro, das 8 às 19 h na rua Frei Caneca, 569, 5º andar, Bela Vista. Clique aqui para mais informações. 

Festival de sushi na Vila Leopoldina

Por Marcelo Katsuki
21/08/14 15:50

mits14-sushisSushis variados do rodízio

Geralmente evito festivais de sushis e sashimis, não por faniquito gourmet, mas porque acabo comendo demais e depois fico meio arrependido. Meio, porque geralmente é meio barato mas a comida é meia boca e eu meio que exagero. Mas quando meu contador sugeriu uma reunião em um rodízio próximo ao Ceagesp falando que lá tinha “peixes fresquíssimos”, não tive como recusar.

Quando cheguei no Mitsuru, ele já estava lá. O restaurante do sushiman João Estevan de Cerqueira funciona no andar de cima de um sobrado na Vila Leopoldina. Tem ambiente simples com um terraço coberto e como era um almoço durante a semana, estava bem tranquilo. O rodízio custa R$ 36,90 no almoço e R$ 46,90 no jantar e há uma opção com polvo, lula, camarão, ovas e iguarias por R$ 60. Fomos nesse, mas era tanta comida que nem cheguei até o final. Falei que eu exagero?

 

mits14-carpaccio

Começamos bem, com fatias de salmão temperadas com limão e azeite. Não sei se é um sashimi, ceviche ou um carpaccio, só sei que é muito bom, eu poderia comer só isso –mas já tinha ordenado um rodízio completo, rs.

 

mits14-guioza

 Não pode faltar o Guioza frito, pros amantes de frituras como eu. Em compensação, não comi o rolinho primavera

 

mits14-shimeji

 O Shimeji na manteiga estava bem gostoso, um pouco tostadinho, mas bem temperado

 

mits14-polvo

Outro prato que gostei muito foi o Polvo com shichimi togarashi (pimenta em pó e outros condimentos) e ovas, leve e refrescante

 

mits14-lula

As lulas vêm na chapa salteadas com bastante alho

 

mits14-salmao

 O festival inclui ainda peixe grelhado, que você pode escolher entre anchova ou salmão

 

mits14-sashimi

 O sashimi tem corte generoso e bem executado

 

mits14-temaki

 Ainda pedi um temaki de atum com pimenta e veio com a alga crocante

 

mits14-banana

Desisti do tempurá, do yakissoba, do harumaki e fui logo para a sobremesa: Bananas flambadas com sorvete. Valdir, meu contador –ou melhor, meu amigo, pois ele não tem clientes mas amigos como sempre ressalta– pediu Creme de papaia. Aliás, se você estiver precisando de um contador “amigo”, fale com o Valdir! Além de um amigo de confiança, o cara manja de comida e é da elite do paintball!

 

mits14-fachada

Fachada do Mitsuru, na Vila Leopoldina. Fica ligado na página deles no Facebook que sempre rolam promoções. Recomendado! Por mim e pelo Valdir.

Mitsurumapinha aqui
Rua Carlos Weber, 1023, Vila Leopoldina, São Paulo
Telefone: (11) 2538-2346

Quentinhas

Por Marcelo Katsuki
15/08/14 15:44

ag14-tiradentes

Rodrigo Ferraz, diretor-geral do Festival de Tiradentes, e os chefs Alberto Landgraf e Jefferson Rueda no evento de lançamento do festival, em SP

FESTIVAL DE TIRADENTES
O Festival de Cultura e Gastronomia de Tiradentes acontecerá de 22 a 31 de agosto e contará com 60 cursos, 74 atrações culturais, 12 jantares, exposições, lançamentos de livros, palestras e degustações. Participam nesse ano os chefs Juarez Campos (ES), Wanderson Medeiros (AL) e Solange Batista (AP), Thomas Troisgros (RJ), Mara Salles (SP), Leonardo Paixão (MG) e Jefferson Rueda (SP), entre outros. A equipe do festival visitou 22 cidades de seis estados brasileiros em busca de ingredientes e produtos regionais que serão apresentados durante o evento na cidade mineira. Mais informações em www.culturaegastronomia.com.br.

ag14-sanduweekSANDUWEEK
A 3ª edição da Sanduweek começa hoje e segue até o dia 31 de agosto com a participação de 58 casas apresentando receitas inéditas de sanduíches. O evento tem duas categorias de lanches: o Street Food, com preço fixo de R$ 15 e o Freestyle, com preços até R$ 39. Nos dias 18 e 23 haverá aulas práticas com degustação na Casa Electrolux (Rua Colômbia, 157) com ingressos à venda no site www.foodpass.com.br. E nos dias 20 e 27 de agosto, o Butantan Food Park (Rua Agostinho Cantu, 47, Butantã) terá edições da feirinha gastronômica dedicadas aos sanduíches. Mais informações em www.sanduweek.com.br.

ag14-chefrougeh2

MENU HARMONIZADO
O restaurante Chef Rouge oferece até o dia 7 de setembro o menu “Autour du Vin” (Em torno do vinho) com pratos elaborados pelo chef Wagner Resende e harmonizado com os vinhos Canal Flores e Viñedo 1910. Dentre os pratos, Rosbife com ovas de salmão (R$ 45), Codorna recheada com trompetes e purê de batatas (R$ 75) e Javali com tutano e favas verdes (R$ 98 – foto acima). O restaurante fica na rua Bela Cintra 2238, Jardins, telefone (11) 3081-7539.

ag14-izakayaIZAKAYA
Jo Takahashi lança nessa segunda, dia 18, o livro Izakaya – Por Dentro dos Botecos Japoneses na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, a partir das 18h30. O livro apresenta o universo dos izakayas, fala das origens e categorias de saquês, visita os principais botecos japoneses da cidade e traz ótimas receitas. E fecha com um glossário muito útil para leigos e entendidos além de trazer bonitas ilustracões feitas por Mika Takahashi. Leia + clicando aqui.

ag14-gim

GIM TÔNICA
A Tasca da Esquina lançou uma carta de gim tônicas com três sugestões: Gim tônica aromatizado com calda de acerola, fava de baunilha e poejo; Gim tônica aromatizado com cardamomo, gengibre e limão siciliano e Gim tônica aromatizado com pimenta da Jamaica, laranja e menta. Todos custam R$ 34 e são feitos com gim Hendricks. A casa fica localizada na Alameda Itu, 225, Jardins, telefone (11) 3262-0033.

aag14-lamen

FESTIVAL DO LÁMEN
O 18º Festival do Lamén de Hokkaido acontece nesse domingo, dia 17, a partir das 11 horas na Associação Hokkaido de Cultura, Rua Joaquim Távora, 605, Vila Mariana. O lámen será vendido a R$ 20 no dia, mas pode ser adquirido antecipadamente por R$ 18 através do telefone (11) 5084-6422. Além do lamén, haverá doces como anmitsu (de doce de feijão), okowa e ichigo daifuku (morango).

Comida para combater a ansiedade

Por Marcelo Katsuki
13/08/14 14:39

nut14-bananas

Quando ameaça bater aquela ansiedade eu como logo uma banana. Na falta, tomo um copão de leite. Não sei de onde tirei isso, mas faço desde os tempos de universitário otário e funciona. Talvez seja apenas fome, já pensei.

Nessa semana recebi um e-mail da nutricionista Rafaela Allevato falando sobre como a alimentação pode combater a ansiedade. Como esse assunto sempre aparece na roda de amigos –seguido por indicações de remedinhos novos, rs– escrevi para ela solicitando uma relação de alimentos que de fato ajudariam a combater essa sensação incômoda. A listinha chegou logo e, surpresa, banana e leite estão no top 5 “calmantes”. Mira.

 

Alimentos que combatem a ansiedade

Frutas cítricas - Alimentos como laranja, maracujá e limão contêm vitamina C, que ajudam a diminuir a liberação de cortisol, hormônio liberado em situações de estresse e ansiedade.

Banana – Possui o aminoácido triptofano que ajuda na liberação de serotonina.

Leite – Assim como a banana, também contém o aminoácido triptofano que atua na regulação do sono, provocando a sensação de relaxamento.

Verduras escuras (brócolis, escarola, couve) - Ricas em vitaminas do complexo B que atuam no sistema nervoso como antidepressivo natural.

Chocolate Amargo – Possui flavonóide que é um antioxidante capaz de facilitar a produção de serotonina.

Uva – Também contém flavonóides.

 

 Alimentos vilões da ansiedade

- Café e chá preto – Contêm a cafeína que é um estimulante do sistema nervoso central;

- Refrigerantes à base de cola – Também possuem cafeína.

- Bebidas alcóolicas - O álcool estimula as células nervosas do organismo.

- Açúcar refinado (doces) -  Elevam os níveis de açúcar rapidamente, porém há uma baixa nesses níveis muito abrupta o que causa irritabilidade, depressão e tensão.

 

Fonte: Rafaela Allevato Frason, coordenadora de nutrição do Hospital San Paolo (São Paulo)

Faça a sua própria Paçoquita Cremosa

Por Marcelo Katsuki
07/08/14 10:37

pacokats3

Chega de mimimi! Aos que me escreveram reclamando que não acham a Paçoquita Cremosa, fica a dica: faça você mesmo! No ótimo livro “Amendoim – História, botânica e Culinária” do Gil Felippe você encontra cinco receitas de peanut butter, como essa que publico abaixo, da manteiga de amendoim brasileira.
Depois ofereça para venda no seu perfil do face mas diga que não tem mais. Quem sabe não vira hype?

Manteiga de amendoim

- 500 g de amendoim torrado e sem a casca
- 2 colheres (de sopa) de mel
- 2 colheres (de sopa) de óleo de amendoim
- 2 colheres (de sopa) de leite em pó
- 1 pitada de sal
- água fria se necessário

Bata o amendoim no liquidificador. Junte o mel, o leite, o óleo de amendoim e o sal. Bata novamente, acrescentando água fria aos poucos, até atingir o ponto de pasta.

Obrigado, de nada.

pc14-livroamendoim

 (veja aqui)

Paçoquita é a nova Nutella?

Por Marcelo Katsuki
06/08/14 09:05

pac14-pacoquitab

Na lojinha de doces aqui do bairro tem lista de espera para comprar Paçoquita Cremosa. Sério, a vendedora me contou isso com um sorriso cínico nos lábios. Depois da terceira tentativa em vão, caminhei alguns metros até outra lojinha em frente à igreja Nossa Sra. do Paraíso e, milagre: achei a dita! E no afã do momento acabei comprando dois potes –porque não sei quando terei a oportunidade de reencontrar tal iguaria– mesmo sabendo que paçoca me dá azia.

Alguém me explica o hype da peanut butter brazuca? Se fosse a paçoca Amor em versão cremosa eu até entenderia, porque essa já é icônica –embora eu ache o gosto sofrível. Enfim, Paçoquita é a bola da vez. Aguardemos agora pelo mil-folhas de Paçoquita, canolli de Paçoquita, brigadeiro de Paçoquita e até –por que não– pela caipirinha de Paçoquita! Os chef pira!

O fato é que eu comi meio pote passando num bolo caseiro, depois numa bolacha e depois puro mesmo, de colherada e não me deu azia. Pior: fiquei viciado, mas um pote tem mais de mil calorias! Tô descendo agora mesmo para deixar tudo na portaria do prédio. Porque eu faço yoga, cumprimento o porteiro e agora forneço Paçoquita. Valha-me!

pac14-nutella

 Felicidade de amendoim. #paçoquita

Quentinhas

Por Marcelo Katsuki
31/07/14 14:57

ag14-degustabeer Encontro de cervejeiros

O Degusta Beer&Food reunirá produtores de cerveja artesanal em palestras, fóruns e degustações entre os dias 1 e 3 de agosto no Centro de Convenções Imigrantes – Rodovia Imigrantes, km 1,5. O evento contará com a presença do alemão Michael Zepf e do libanês Mazen Hajjar, além da participação dos bares Frangó, Aconchego Carioca, Buzina FoodTruck, entre outros. A curadoria é da mestre-cervejeira e sommelier Cilene Saorin e do chef Marcelo Pinheiro, presidente da Associação dos Profissionais de Cozinha no Brasil (APC). Venda antecipada de ingressos: R$ 40, subindo para R$ 50 nos dias do evento. As palestras e fóruns têm vagas limitadas e por ordem de chegada.

 

ag14-soulburger

Hambúrguer à vontade!

O Soul Kitchen Project apresenta o “Soul Burger – De Volta à Esquina” no dia 2 (sábado), das 14h às 22h. Por 55 reais os participantes poderão comer hambúrguer à vontade e dançar nessa maratona de oito horas de burgers e boa música –as bebidas serão pagas à parte. O evento acontece no Bar Cuca Legal, que fica na rua Padre João Manoel, 1268, Jardins e os convites podem ser comprados no site da Foodpass.

 

 

 

 

ag14-djapa

Japa novo em Moema

O Djapa acaba de abrir uma casa em São Paulo (as outras duas ficam em Arujá e Mogi) com a proposta de servir 35 opções de pratos em sistema de rodízio de verdade, com os pratos desfilando pelo salão –e não apenas comandados na hora do pedido. O rodízio custa R$ 64,90 todos os dias, no almoço e no jantar. Há uma versão econômica no executivo por R$ 39,90. O restaurante está funcionando em soft opening e oferecendo 20% de desconto sobre os valores acima até o final de agosto. Aproveita! O Djapa fica na rua Gaivota, 168 e o telefone é o (11) 2691-2003.

 

ag14-eudes

Arraial do bem

O III Arraial Gastronômico do Projeto Buscapé, organizado pelo chef Eudes Assis, acontece de 1 a 3 de agosto sempre às 19h, na Praça do Pôr do Sol em Boiçucanga, São Sebastião. Toda a renda será revertida para a construção das novas instalações do projeto, que atende às crianças e jovens da região oferecendo atividades de artes, esportes e culinária. Participam os chefs André Mifano, Checho Gonzales, Flavio Miyamura, Lucas Corazza, Paulo Yoller, entre outros. As barraquinhas venderão ceviches, quesadillas, brownies, paella, porcobúrguer, sanduíche de costela, empanadas e outras delícias.

 

ag14-perrito

Hot dog mexicano

Lourdes Hernández, a ‘cocinera atrevida’ vai preparar um cachorro quente à moda mexicana apenas hoje, 31 de julho, no Obá na Calçada. Seu Perrito Rabioso (R$ 15), com salsicha envolta em bacon, picles de jalapeño e salsa de chile árbol será servido das 18h às 21h na barraca montada em frente ao restaurante. Para acompanhar, Água da Jamaica (R$ 5), Margarita (R$ 16), Margarita Frozen (R$ 13), Micheladas (R$ 9) e cervejas (R$ 6 a R$ 8). O Obá fica na Rua Dr. Melo Alves, 205, Jardins, telefone (11) 3086-4774.

 

A inspirada cozinha do Maní

Por Marcelo Katsuki
27/07/14 12:52

man14-couvert

Couvert do almoço (R$ 18): placas de biscoito de polvilho, pão, queijo de cabra, coalhada seca e manteiga

Sabe do que eu mais gosto no Maní? Da simplicidade. Claro que a comida é a grande protagonista mas é de se admirar que o restaurante de Daniel RedondoHelena Rizzo –eleita a melhor chef mulher do mundo pela revista inglesa Restaurant nesse ano– siga sua trajetória consistente sem subir no salto (e olha que a chef já foi modelo, rs).

Helena divide o trabalho com o marido e invariavelmente pode ser vista na cozinha do restaurante, eleito 36º melhor do mundo pela mesma revista. Almocei lá no domingo passado com amigos queridos e o prazer foi ainda maior pela ótima comida, serviço afinado e aquele ambiente acolhedor, sem a menor afetação. Nem a conta doeu no bolso: os preços são justos e o restaurante é sem dúvida um dos melhores da cidade.

 

man14-guacamole

Uma das entradas foi o Bombom de guacamole com biscoito de fubá (R$ 36): boa combinação arrematada pelo detalhe nos acabamentos.

 

man14-chips

Outro belisquete gostoso: Chips de batata com rosbife e mostarda Dijon (R$ 39).

 

man14-torteis

Os Falsos tortéis de pupunha e abóbora (R$ 61) são leves e saborosos e vêm acompanhados por melão, amêndoas, parmesão e manteiga de sálvia.

 

man14-risoto

Surpreendente é o Risoto de beterraba (R$ 63): chega perfumando a mesa com seu azeite de trufas brancas, coalhada seca e pupunha.

 

man14-frango-quiabo

O Arroz de frango com quiabo (R$ 68) é puro sabor. Seu caldo é rico e as fatias de quiabo chegam tenras, conferindo uma gostosa textura ao prato.

 

man14-rosbife

O Rosbife em crosta de Lapsang Souchong (R$ 75) tem um pronunciado sabor defumado, característico desse chá preto chinês, e vem acompanhado por uma curiosa salada morna de batatas.

 

man14-file-jamon

 O Filet mignon na brasa (R$ 75) tem o sabor realçado pelo potente molho de jamón ibérico e vem ladeado por uma delicada terrine de finíssimas fatias de batata, salada de rúcula e tomates crocantes.

 

man14-fachada

Fachada do restaurante, um cenário lúdico. Olhe para cima e contemple as maçãs presas nos galhos. Tão simples, tão inspirador.

 

Restaurante Maní - mapinha aqui
R. Joaquim Antunes, 210 – Pinheiros – Oeste. Telefone: 3085-4148

 

Arturito: melhor e mais barato

Por Marcelo Katsuki
22/07/14 10:22

art14-empanadas

Empanadas salteñas (R$ 7 cada), com recheio úmido de carne picante, batata e ovo orgânico. Direto do forno a lenha.

 

A reforma do Arturito no ano passado deixou o restaurante mais despojado. Se por um lado saiu de cena aquele clima cosmopolita, por outro o restaurante ganhou mais luminosidade com móveis mais claros, pratos consistentes e preços mais em conta.

O menu enxuto tem 10 entradas, além das saltenhas, imperdíveis. Nos principais, apenas mais uma dúzia de opções, mas muito bem elaboradas. A vontade é de comer desde o falafel vegano até o bife ancho.

Mas há ainda o menu executivo do almoço, que é por onde começo esse post, com entrada, principal e sobremesa por 44 reais. Uma bela refeição embalada pelo set musical mais eclético dos últimos tempos. Paola Carosella sabe das coisas.

 

art14-entrada-exec

Meu menu executivo (R$ 44 – três pratos) começou com uma Salada de alfaces tenras com legumes fatiados, mozzarella de búfala e uma torrada do pão da casa.

 

art14-executivo

O prato principal foi um suculento e gostoso Capellini com camarões à provençal assados no forno a lenha em molho de tomates frescos.

 

art14-sobremesa-exec

A sobremesa do dia — um Shortbread de amêndoas, marmelada, doce de leite e mascarpone — não estava disponível e foi substituída por Queijo da Serra da Canastra com doce de pêras sobre um brioche.

 

art14-figos

Uma entrada leve do menu convencional é a Salada de figos com mozzarella de búfala (R$ 28)

 

art14-omelete

Já os Ovos orgânicos mexidos (R$ 28) são uma refeição e tanto. Além dos ovos, brócolis salteados e torradas com presunto ibérico. Fartura.

 

art14-macarrao

O Capellini Alfredo (R$ 29) vem com manteiga, parmigiano e pimenta do reino.

 

art14-sorvetes

Os sorvetes de mascarpone e de chocolate (R$ 21) fecharam a refeição mas não empolgaram tanto quanto os pratos principais.

 

art14-salao

Vista do salão, com uma agradável luz natural. Hoje (terça) o menu executivo traz Salada de rúcula com queijo da serra da Canastra, Brasato de Angus com purê de batatas e Torta de avelãs com sorvete de mascarpone. Para começar bem a semana!

 Arturitomapinha aqui
R. Arthur Azevedo, 542 – Cerqueira César – Oeste. Telefone: 3063-4951
 

Quentinhas

Por Marcelo Katsuki
16/07/14 18:41

qj1-chambaril

Chambaril do Luna em São Paulo!

Cláudia Luna, do famoso chambaril recifense vai preparar a receita apenas no almoço desse sábado, dia 19 de julho, no Na Cozinha (Rua Haddock Lobo, 955, Jardins, tel.: 11-3063-5374). O prato custará R$ 46,90 e vem acompanhado de legumes, arroz e pirão. Cláudia também trouxe na bagagem Doce de jaca em calda (R$ 16), Suco de pitanga (R$ 7,50) e o Caldo de cebola do Luna (R$ 19).

qj1-surib

Independência da Colômbia!

O Suri (Rua Mateus Grou, 488, Pinheiros, tel.: 11-3034-1763) vai festejar a data com um menu especial que será servido entre os dias 17 e 27 de julho. O chef Dagoberto Torres preparou Coctel de ostras (R$ 30), um ceviche de ostras com salsa negra; Capon de Ahuyama (R$ 28), uma mini abóbora recheada com carne de porco e queijo além de Puchero Bogotano, um cozido de galinha, porco e linguiça com batata criolla e milho, entre outros pratos.

 

 

 

 

qj1-kinu

Menu especial de lamen

O Kinu, restaurante japonês do Grand Hyatt São Paulo (Av. das Nações Unidas, 13.301, Brooklin Novo, tel.: 11-2838-3208) oferece até o final de agosto um menu especial de lamen, como o Tyashu lamen (R$ 59) feito com lombo de porco, milho, kombu, cebolinha, ovo e acelga; Shoyu lamen (R$ 56) com barriga de porco, cebolinha japonesa, wakame, palmito pupunha e ovo além demais duas opções: Miso lamen e Yasai lamen. O menu está disponível no almoço e no jantar.

 

qj1-soba

Comida de rua japonesa

O chef Shin Koike fará uma edição de inverno do “Comida de Rua, né!” no sábado dia 19, das 12h30 às 16h. Para essa edição, o chef do restaurante Sakagura A1 (Rua Jerônimo da Veiga, 74, Itaim, tel.: 11-3078-3883) vai servir duas opções de ensopados à base de macarrão japonês: o Kakiague soba (f0t0), com tepurá de legumes e caldo dashi e o Kare udon, com curry e camarão seco. Os pratos custam R$18 cada e serão servidos em uma barraca montada na frente do restaurante. Para acompanhar, chopp Heineken por R$ 5,00.

qj1-fifties

Batata frita com chili!

A rede de hamburguerias The Fifties (www.thefifties.com.br) está lançando sua Chili Fries: fritas com cheddar cremoso e molho chili, (R$ 18,6 individual ou R$ 20,90 inteira). Sou viciado em batatas com molho de cheddar e agora com chili, aiaiai. As batatas podem ser encontradas em todas as lojas da rede.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Folha Shop