Benjamin – Belém

Uma das boas surpresas dessa rápida visita a Belém foi conhecer o restaurante Benjamin, do chef Sérgio Leão. O empreendimento ocupa uma bonita casa tombada pelo patrimônio no bairro de Nazaré, com ambientes aconchegantes e cozinha separada do salão por janelões de vidro e um jardim.

Sérgio contou ser um cozinheiro autodidata e que se preocupou em montar um cardápio com itens que gosta de comer em suas viagens. Mas preparou um menu degustação com ingredientes locais para pudéssemos apreciar a cozinha da região. Começamos com Camarões Paraenses, empanados com farinha de tapioca, bem crocantes, e servidos com molho de tucupi, jambu e alfavaca.

O prato seguinte foi uma Arraia desfiada e refogada (que lembrava muito o tempero da minha mãe) servido sobre um pirão picante na medida.

Chegou então um prato que mereceu bis (comi o da Fernanda, que me acompanhava): Camarões no coco com purê de pupunha. Incrível como esse purê lembrava o de castanhas portuguesas. Delicioso.

Daí caiu a energia e comemos essa Pescada amarela com azeite de alfavaca e farofa úmida à luz de velas. Aqui, em foto do Mariozinho Guimarães.

O chef divide as funções na bem equipada cozinha com o filho, Duda Leão. A mãe de Sérgio também participa, dona Afife, fazendo os disputados biscoitos amanteigados do café.

De sobremesa comemos Figo queimado com jamburana (um licor de jambu de receita indígena ainda mais anestésico) com sorvete de graviola. E como me despedia da cidade naquela noite, tomei mais duas bolas de sorvete Cairu: tapioca e bacuri. Pai d’égua!

Restaurante Benjaminmapinha aqui

Rua Benjamin Constant, 1361 – Belém / PA – Tel. (091) 3343-3758

 

Comentários

  1. Prezado Marcelo, gostei muito da tua visita no Benjamin, te mandei uma mensagem pelo face neste dia. Obrigada por repassar meu abraço para o Sérgio e obrigada por compartilhar tuas críticas, um abraço, Vivien

  2. Olá Marcelo, estivestes aqui em Belém por algum evento específico?
    Lembro de outra visita tua que destes uma passa na Portinha.
    Que bom que voltastes.
    Abraço.

    1. Ah, Lucia, dessa vez foram apenas 2 dias de correria. Queria ter podido voltar ao Portinha, ao Manjar da Garças, à feira da Praça da República, mas não deu, rs.
      Quem sabe eu volto logo!

  3. Melhor restaurante de Belém!! =)
    Quero também a dica da máquina fotográfica, por favor.

Comments are closed.