Marcelo Katsuki

Comes e Bebes

 -

Formado em arquitetura pela FAU-USP, Marcelo Katsuki é cozinheiro formado pela Escola de Gastronomia João Dória Jr e sommelier pela ABS (Associação Brasileira de Sommeliers).

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

By Koji no Morumbi: sushi com vista pro campo

Por Marcelo Katsuki

Desde que vi a foto do salão do By Koji com vista para o gramado do Morumbi, penso em levar o meu pai, que é sãopaulino, para jantar lá – se possível, numa noite de jogo. O restaurante está instalado sob as arquibancadas, tem três níveis e uma área externa com 60 cadeiras cativas de onde dá para assistir aos jogos com conforto e segurança. No dia da visita, havia um tapume metálico para o show do Roger Waters mas em dias normais, a visão é total.

O menu é bem variado e tem itens com bons preços como o Tchawamushi (o flan de ovos com camarão e cogumelos) por R$ 15, mesmo preço do sashimi de polvo, com 5 peças. Eu tinha pensado em montar meu “combo econômico” mas por indicação do próprio Koji, fui no Omakassê – uma degustação montada pelo chef com os melhores ingredientes do dia.  “Afinal, 100 reais não é um valor alto para um omakassê”, me indagou ele. Lembrei do frango de 120 reais que vi na semana passada e embarquei na farra do peixe gordo.

O chef Koji Yokomizo (esquerda na foto) cuida do balcão de peixes onde faz cortes precisos. Já os pratos quentes ficam a cargo do chef Nobuo Ozaki. Vejam o menu que degustei.

Salada de folhas, rabanete e buri acompanhado por um gostoso molho de óleo de coco.

 

Harumaki de lagostins, pescada branca e shissô com molho picante de tomate. Picante mesmo.

 

Lagostim, vieira e cogumelo “eringi” em molho de 4 limões. Tudo no espetinho.

 

Sashimi: toro, buri, pargo, lula e omelete. Comecei pela lula até ‘derreter’ com o toro.

 

Terrine de peixe branco com aspargos, foie gras e camarão com molho de mostarda a l’ancienne.

 

Tamago dofu, o “tofu” de ovo com camarão envolto num viscoso molho com toque de raiz forte.

 

 Agulhão grelhado curtido no missô e saquê, uma das formas mais gostosas de se comer peixe.

 

Sumashi, a leve e delicada sopa japonesa que lembra um consomé.

 

Sushis: toro, buri, sardinha, lula e ovas de ouriço. Cortes precisos e generosos.

 

De sobremesa, Crème brûllée de chá verde com frutas vermelhas flambadas.

 

O By Koji me lembrou um restaurante incrível que conheci na Espanha, o Real Café Bernabéu, que tem vista para o campo do Real Madrid. Ambos têm uma das características de que mais gosto em um restaurante: a capacidade de fazer a gente ‘viajar’ e esquecer um pouco a nossa vidinha diária.

Afinal, poder apreciar pratos bem executados assistindo a um jogo, a um show ou só de ficar ali olhando para o gramado verde, já dá uma lavada na alma. Ah, agora eu preciso levar o meu pai…

 

By Kojimapinha aqui

Estádio do Morumbi – Entrada pelo Portão 4 (Av. Jules Rimet) – Morumbi Concept Hall  – Tel.: (11) 3624-7710

Almoço e jantar todos os dias (fecha na segunda-feira) – vallet R$ 15. Em dias de jogo é necessário fazer reserva.

Blogs da Folha