Marcelo Katsuki

Comes e Bebes

 -

Formado em arquitetura pela FAU-USP, Marcelo Katsuki é cozinheiro formado pela Escola de Gastronomia João Dória Jr e sommelier pela ABS (Associação Brasileira de Sommeliers).

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Casa Garcia: bocadillos na Augusta

Por Marcelo Katsuki

Depois de perder duas horas na Receita Federal para recuperar o número do recibo da declaração do ano passado –e descobrir com a segunda atendente que não é mais obrigatório declarar esse número– atravessei a rua Augusta e fui na Casa Garcia comer o pavê com doce de leite que o Goos tinha me indicado.

 

O local, um pitoresco empório de 44 anos cheio de paelleras e jamóns pendurados no teto, é um daqueles lugares perdidos na cidade e que têm uma aura especial. Embora seja uma mercearia cheia de produtos espanhóis, muita gente vai lá apenas para lanchar ou fazer um almoço rápido.

 

Você pede o seu sanduba no balcão (de 4 a 12 reais) e vê os frios e queijos sendo fatiados na hora sobre o seu pão. Tem desde pastrami e mortadela até salpicão e mussarela de búfala. E claro, jamón espanhol do bom.

 

Comi um de Presunto Royale com queijo emmental (R$ 6) e peguei um matte (R$ 2) direto da geladeira enquanto observava a movimentação de executivos e estudantes que dividiam o apertado balcão e não paravam de comentar o local: “Irado!”

Fiquei tão satisfeito com o meu sanduba que quase me esqueço do pavê do Goos (R$ 3) brilhando no balcão refrigerado. Uau, que coisa boa! Simples, gostoso, comovente até: um pavê firme, de fatiar, com um creme delicioso e cobertura de doce de leite. Me arrependi de não ter comprado mais para viagem.

 

Nas prateleiras e geladeiras, cavas, piñoles, chorizos e quesos. Ao fundo, seu Baltazar e alguns clientes hablando um portuñol lascado e, pumba: me transportei pra Champanheria de Barcelona — e olha que eu nem tinha tomado cava! Claro, viajei na maoyonesa, mas são essas pequenas emoções mágicas que fazem a graça de lugares como a Casa Garcia. Me encanté.

 

Casa Garcia – Rua Luís Coelho, 128 – Cerqueira César.  mapinha aqui

Segunda a sexta das 7h às 20h. Sábado das 7h às 13h. Tel.: (11) 3805-0457 / 3805-0875

 

Blogs da Folha