Marcelo Katsuki

Comes e Bebes

 -

Formado em arquitetura pela FAU-USP, Marcelo Katsuki é cozinheiro formado pela Escola de Gastronomia João Dória Jr e sommelier pela ABS (Associação Brasileira de Sommeliers).

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Chefs na Rua em edição nordestina

Por Marcelo Katsuki

Um pouco do que rolou no Chefs na Rua no começo da tarde de domingo: praça ainda tranquila, sem longas filas. Ideal para escolher o que e onde comer.

 

Rafa Spencer, do Sotero, que alternou o trabalho no evento como pai, Rafael Sessenta.

 

O xinxim de galinha do Sotero, servido com vatapá e farofa de dendê

 

O chef Guga Rocha, revelando uma nova faceta, a de pesquisador e escritor preparou um prato do Quilombo dos Palmares

 

Bode quilombola com massa de puba, leite de coco, amendoim, lingüiça, banana da terra, pimenta, cardamomo, canela, cravo e páprica

 

Anderson, do restaurante O Mocofava, serviu mocofava e combo de mocofava com Catubeba

 

Carol Brandão ofereceu Quindim, Bolo de rolo, Bem casado do Bomfim, Cocada cremosa de forno, Cuscuz de tapioca com leite condensado e mais uma série de doces.

 

Dona Carmen, que veio do Recife para participar do evento, com Carlos Ribeiro (Na Cozinha) e Janaína Rueda (Bar da Dona Onça)

 

O “Mixidinho” da Paraíba do chef Carlos Ribeiro – um baião de dois com carne suína e queijo de coalho puxado na cachaça e manteiga de garrafa

 

Rodrigo Isaias Rocha, do Bar Bebo Sim levou pamonhas recheadas com queijo

 

E o Cachorro Oxente, feito com linguiça, vinagrete com mel de engenho e queijo de coalho

 

Rodrigo Oliveira, o chef do Mocotó e sua equipe com o chef Julien Mercier

 

Roberto e Jansen, do Barnabé Restaurante e Cachaçaria ofereceram um caldo de mocotó e essa porção de queijo de coalho com mel de engenho

 

Luciano, do restaurante Nação Nordestina, preparou sarapatel e essa porção de torresmos

 

Olha esse tacho lotado de torresminho frito na hora!

 

O Buffet Nordestino, da Vera Lúcia, Iara e Regina, preparou uma macaxeira diferente, utilizando duas frigideiras e fogo bem alto

O resultado é esse aí: mandioca macia com crosta crocante (como uma batata rösti), recheio cremoso envolvendo a carne desfiada. Beleza.

 

Antes de partir: a tarde mal começou a cair e a praça lotou de gente. Mas tudo tranquilo, sem tumulto nem longas esperas na fila. Acho que comi demais…

 

Blogs da Folha