Marcelo Katsuki

Comes e Bebes

 -

Formado em arquitetura pela FAU-USP, Marcelo Katsuki é cozinheiro formado pela Escola de Gastronomia João Dória Jr e sommelier pela ABS (Associação Brasileira de Sommeliers).

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Uma petiscaria chinesa nada esquisita

Por Marcelo Katsuki

Nosso ‘banquete’ de 25 reais

Taí uma categoria que eu não entendo nada: petiscaria chinesa. Conheci a Petiscaria – Casa de Massas comendo lámen numa tarde esquisita de junho. E “esquisita”, foi como descrevi a casa para um amigo recém-chegado da China que levei para tomar uma cerveja lá, enquanto aguardávamos uma mesa no concorrido restaurante da frente.

Pois meu amigo pirou com o lugar e quis provar vários pratos. Acabamos atravessando a rua carregados de quentinhas, onde outro casal de amigos que morou na China, já aguardava na mesa. Pois não deu outra: terminado o almoço, novo tour pela petiscaria e promessas de um retorno.

 

Essa placa na fachada sempre me deixou com muitas dúvidas. Petiscaria? Casa de massas? E por que não as duas coisas juntas?

 

Cong Niu Bin (R$ 5), panquecas crocantes com cebolinha. Chegaram arrebatando: simples, bem temperadas, para querer comer sempre.

 

Ban Hai Dai (R$ 10): tirinhas de alga marinha, ficam uma delícia com cerveja. E ricas em espirulina.

 

Lu Bin (R$ 10), um ‘pout-pourri’ de entradas frias. Nesse dia vieram tirinhas de orelha, tofu seco e língua (quase curada)

 

Lu You Fan (R$ 8), um arroz com pedacinhos de carne de porco e caldo ‘gordo’. Vem com um ovo cozido no chá (R$ 2).

 

Olha eu fingindo que entendi tudo: arroz com carne e ovo (10), misto de frios (10), panqueca (5), algas (10) e duas cervejas (8). Nem cobraram as embalagens.

 

A casa é tocada por Miss Li Hong Liang, da província de Liaoning e um senhor que vocês acham que eu decorei o nome? Olha ali no balcão: 12 baozis (aquele pãozinho recheado no vapor) por 20 pratas. Porção familiar, preço de mãe. Quem quer voltar comigo?

 

Petiscaria – Casa de Massasmapinha aqui
Praça Carlos gomes, 139, Liberdade – Tel.: 0/xx/11/3105-1162

 

 

Blogs da Folha