Marcelo Katsuki

Comes e Bebes

 -

Formado em arquitetura pela FAU-USP, Marcelo Katsuki é cozinheiro formado pela Escola de Gastronomia João Dória Jr e sommelier pela ABS (Associação Brasileira de Sommeliers).

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Panetone o ano todo

Por Marcelo Katsuki

Já fui o maníaco do panetone, a ponto de fazer torrada para comer nos meses seguintes ao Natal. Assim como congelava acarajé com recheio e tudo nos anos 80, só para comer quando quisesse. Não era fácil. Hoje você encontra acarajé até na praça de alimentação e pode comprar panetone em qualquer padoca de bairro o ano todo. Ou ir na loja da Bauducco.

 

Descobri a loja na esquina da Lorena (al. Lorena, 1682 – Tel.: 0/xx/11/2894-4681 – mapinha aqui) descendo a Haddock Lobo à pé para matar um burger na Z Deli. Entrei quase que hipnotizado. Ela é toda de tijolinho aparente, cheia de cestas e prateleiras com uma grande variedade de produtos.

 

Tem mesinhas na calçada e ao fundo um café com bolos, pães e panetones. Dá para comer uma fatia de panetone quentinha polvilhada com canela e tomar um capuccino. É tipo a padoca do Papai Noel. Ou ainda gastar uns trocados com os muffins, brownies e cookies, que têm preço amigo.

 

E ao contrário do que havia pensado, não se trata de uma loja pop-up ou ‘conceito’. Ela será permanente e a gente vai poder comprar panetone o ano inteiro. Molhadinho.

 

Blogs da Folha