Tendência: o bolo peladão

Por Marcelo Katsuki

Depois da overdose de coberturas coloridas e adornos dos cupcakes, a onda agora –principalmente nos casamentos modernos– é o naked cake, ou seja, o “bolo nu”. Foi o que li no Rio, nesse final de semana.

 

[Fotos: Pinterest]

O que dizem do naked cake? Que dá mais vontade de comer. Que tem cara de bolo da vovó. Que é menos calórico. Que combina com ambientes rústicos.

Sobre essa última observação, nem vou discordar, porque a primeira coisa que me ocorreu quando vi um naked cake foi pensar numa parede de tijolos aparentes. Piso de cimento queimado. Ruínas. Decapê.

E se a frase “less is more” (menos é mais) preconizada pelo arquiteto Mies van der Rohe cai bem nesse conceito, vale a pena lembrar de outra pérola sua: “God is in the details” (Deus está nos detalhes). Repare que a rusticidade dos exemplares acima vem sempre bem acompanhada. Já os de baixo…

 

Cadê seu Deus agora?