Mosconi: almoço estrelado em Luxemburgo

Por Marcelo Katsuki

“Oiii! Tão precisando de garçom aí?”

Luxemburgo é famosa pelo PIB mas também por ter a maior quantidade de estrelas Michelin per capita. São 13 restaurantes (somando 16 estrelas) para uma população de pouco mais de 500 mil habitantes.

 

Hoje fui almoçar no Mosconi, um “duas estrelas Michelin” que tem uma cozinha italiana impecável. Desci o morro à pé (fica nessa casa à beira do canal), me perdi, cheguei atrasado e ainda toquei a campainha da entrada de serviço. Mas nada que tirasse o brilho dessa refeição, rs.

 

Amuse bouche: Macaron com foie gras e trufas brancas e um Biscuit com mortadela (!)

 

Ravioli de ricotta, pecorino e parmesan, tomate e beurre fondu

 

Crostino de foie gras chaud, creme de feijões brancos e aceto balsâmico

 

Vieiras, purê de pera e trufas negras

 

O elegante salão com vista para o canal

 

Tortelli di cotechino, nabos e batatas ao molho de framboesas


Pappardelle ao alho doce e alecrim com ragu de cordeiro

 

Bacalhau, quenelle de ricota e zuppa de laranja e toronja

 

Entrecôte de vitela empanado com creme de trufas brancas, espinafre, vagem e pinole

 

O segundo salão, também com vista para o canal

 

Sorvete de canela, ameixas, parmesão e aceto balsâmico: para comer tudo junto

 

Purê de maçãs, sorvete de iogurte e laranjas confitadas

 

Fechando o regabofe, os petit fours mais incríveis. E uma taça de Sauternes de cortesia

 

O menu degustação custa 130 euros. Tomei ainda dois vinhos (demi-bouteille), um Al Poggio do Castello di Ama e um Chianti Classico Rocca di Montegrossi, antes de subir o morro comendo o pacote de cantucci que ganhei na partida.

Mosconimapinha aqui
Rue Münster, 13, Luxembourg – Tel.: +352 54 69 94