“Não existe carne de segunda”

Sete da Paleta (corte do dianteiro) acebolado com arroz e feijão Rosinha esferificado

Jefferson Rueda, chef do restaurante Attimo, apresenta até o dia 7 de abril um cardápio autoral chamado “Menu do Açougueiro” (R$ 180), onde utiliza diferentes cortes da raça Wagyu, da Beef Passion.

O chef, que já foi açougueiro na juventude, valeu-se desse conhecimento para montar um menu com cortes pouco utilizados como patinho, músculo e acém. O resultado surpreende. “Não existe carne de segunda, existe boi bom e boi ruim”, afirma Rueda. Abaixo os pratos degustados.

 

Croquete de bochecha de boi, requeijão caseiro, carne curada e picles

 

Patinho (corte do traseiro) picado na ponta de faca com hortaliças, legumes e azeite em pó

 

Miolo de acém à cavalo com batata frita. Grelhado macio e muito saboroso

 

Costela do Dianteiro com abobrinha menina, farofinha de milho e geleia de pimenta

 

Milanesa de garrão (tendão que liga a pata com o músculo da perna do boi), quiabo e raiz forte

 

Músculo e tutano com cenoura, chuchu e mandioquinha feitos na panela

 

De sobremesa, “Derivados do leite”: sorvete de leite com eucalipto, sorvete de ricota, miniarroz doce, toffee e outras delicadezas da chef pâtissière Saiko Izawa.

 

Attimomapinha aqui
Rua Diogo Jácome, 341, Vila Nova Conceição. Tel.: (11) 5054-9999

 

Comentários

  1. O Jefim aprendeu tudo isso nos ” jogos festas” que tinha lá no sitio do meu pai, no final do ano, eu ficava na churrasqueira e ele era meu assistente, sua principal função era não deixar meu copo de cerveja ficar vazio….rsrsrs…aquele abraço Jefim

  2. PARABENS A ESTA EQUIPE: JEFIM, MRACELO E RICARDO (CRIADOR DO PROJETO BEFF PASSION), PELO SUCESSO MERECIDO> PARABENS, POR TODO EMPENHO. VALEU!!!!

  3. O contexto qualitativo e degustativo apresentado no menu, esta incrivelmente visualizado nas fotos do Marcelo, quem comeu e sentiu o prazer do bom paladar das carnes da BEEF PASSION servida, guardara’ as imagens do inigualavel sabor contido nelas. O fantastico menu que o Jefinho elaborou, o Marcelo eternalizou.

Comments are closed.