Marcelo Katsuki

Comes e Bebes

 -

Formado em arquitetura pela FAU-USP, Marcelo Katsuki é cozinheiro formado pela Escola de Gastronomia João Dória Jr e sommelier pela ABS (Associação Brasileira de Sommeliers).

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Jantar das Boieiras – Belém

Por Marcelo Katsuki

O chef Pablo Pavon, a boieira Eliana MariaFelipe Rameh com a Mariscada paraense

Fui para Belém no finde para comemorar o aniversário de uma amiga recifense que estava por lá, a Vanessa Lins (editora do caderno Sabores da Folha de Pernambuco) e acabei pegando o último dia do festival Ver-o-Peso da Cozinha Paraense.

Assisti a algumas aulas e provei as comidas do Jantar da Boieiras, onde as cozinheiras do Ver-o-Peso dividiram os fogões com os chefs convidados do evento.

Clique aqui para ver a cobertura completa no blog Pelas Ruas de Belém do Fernando Jares

 

O clima era de confraternização, já que era o último evento do festival, que começou no dia 15 de março com o Circuito Gastronômico

 

O chef Guga Rocha e a boieira Maria de Fátima da Silva Ferreira serviram um Escondidinho de camarão thai que fez sucesso

 

Ivonete de Souza Rodrigues e Bárbara Verzola fizeram um Vatapá de piracuí com castanha do Pará e farofa de jambu além de um molho de pimenta daqueles!

 

A chef Manu Buffara e a boieira Elaine de Nazaré Ferreira servira um doce feito a quatro mãoes: Creme de miriti (buriti) e espuma de coco, mesclando técnicas e ingredientes

 

Gabriel Vidolim e Hildely Maria Porpino da Silva fizeram respectivamente um drinque de cupuaçu com citronela e um Bolinho de batata com pirarucu recheado com açaí

 

O Bolinho de batata com pirarucu recheado com açaí da Hildely Maria Porpino da Silva

 

A boieira Maria de Nazaré da Silva Ferreira e o chef Felipe Schledler serviram uma gostosa Maniçoba com farofa de camarão e chips de banana

 

O ‘rei das feirinhas gastronômicas’ Checho Gonzales e Maria Domingas Portugal Barbosa com o Bolo Podre servido com cubos de manga em caramelo picante

Clique aqui para ver a receita do Bolo Podre, que usa tapioca e não precisa ir ao forno

 

Visão geral do salão do evento. Cada voucher de 25 reais dava direito a dois pratos.

 

No corredor do Boulevard Shopping, onde ocorreu o evento, foi montado um lounge para que os visitantes pudessem conhecer os produtos do Ver-o-Peso

 

Hortaliças e a gostosa pupunha, diferente do palmito pupunha que comemos aqui em SP

 

A rica variedade de frutas da região pode ser conferida nos balaios do estande

 

Tomate! E a famosa pimenta de cheiro paraense, muito utilizado nos pratos com tucupi

 

 

Aula “Cozinheiro Mirim” para crianças da chef Daniela Martins, do resturante Lá em Casa

 

 

Gabriel Vidolin falou de ecogastronomia e de seu meticuloso trabalho no Leão Vermelho

 

Fabio Sicília, do Famiglia Sicília, fechou o ciclo de três dias de aulas com a palestra “Degustando a Amazônia por um Sommelier” onde provamos até cerveja de açaí


Chefs e boieiras reunidos no último dia de evento. Belém, eu te quero bem!

 

Blogs da Folha