Novo menu do Remanso do Bosque – Belém

Chibé (a base de farinha com caldo), vieiras e cajarana (a fruta laminada)

Quer saber o que los hermanos Thiago e Felipe Castanho estão aprontando lá em Belém? Cola nesse menu degustação de oito etapas (R$ 130) do Remanso do Bosque  que fizemos na viagem da semana passada.

 

Beiju cica, queijo do Marajó (que obteve certificação no mês passado e poderá ser comercializado em todo o país) e tucumã, fruto de uma palmeira amazônica

 

Pupunha, arroz (fios de massa), coquinho de pupunha, carimã (mandioca) e café

 

Uma versão para o peixe com açaí, tão consumido pelos paraenses: Mapará (um peixe amazônico) assado na folha de bananeira e servido com creme de açaí

 

Filhote assado na brasa, leite de coco e farinha de coco queimada

 

Pirarucu defumado, banana pacova frita, farofa de mandioca e ervas de mandinga

 

Arroz de pato, tucupi e piquiá, que tem o mesmo aroma do pequi, só que é mais suave

 

Terrine de rabada (uma ótima maneira de degustar essa carne) com purê de tucumã

 

Bacuri, fruta de sabor adocicado e cítrico, com café e farinha de tapioca

 

Fechando a degustação, chocolate da ilha do Combú em diversas texturas

O menu degustação tem oito etapas e é servido nos jantares de terça a sábado. Uma ótima oportunidade para se conhecer um pouco da cozinha proposta pelos irmãos Castanho.

Remanso do Bosque – mapinha aqui
Trav. Perebebui nº 2.350 – Esq. com a Av. Rômulo Maiorana – Marco – Belém/PA
Tel.: (91) 3347-2829 – Menu degustação: R$ 130 

 

Comentários

  1. Sou da Amazônia paraense e reconheço o quanto os ingredientes típicos são naturalmente deliciosos. Agora, quando eles recebem um “trato ” habilidoso, tal como a família Castanho exibe em fotos do Katsuki, são transformados em convite expresso para que os leitores do Comes e Bebes empreendam uma visita ao Norte do Brasil.

    Belas e provocativas fotos, Kats! Vê-las um pouco antes do jantar é uma tortura ao estômago saudoso das conhecidas gostosuras.

    1. Obrigado, Doralice! De fato, a riqueza de ingredientes amazônicos é impressionante e os irmãos Castanho estão fazendo um belo trabalho. Abs!

Comments are closed.