Marcelo Katsuki

Comes e Bebes

 -

Formado em arquitetura pela FAU-USP, Marcelo Katsuki é cozinheiro formado pela Escola de Gastronomia João Dória Jr e sommelier pela ABS (Associação Brasileira de Sommeliers).

Perfil completo

Publicidade

Chefs na Virada Cultural

Por Marcelo Katsuki

Domingo foi dia de Virada Cultural e de Chefs na Rua. Como tinha um almoço de família, fui para a av. São Luís só depois das 15h –mas deu para aproveitar bem a muvuca. Com notório atraso (a vida não anda fácil), publico aqui algumas imagens da festa que nessa ano ocupou um espaço ótimo, com muito verde e área de escape para a praça Dom José Gaspar.

Achei até tranquilo, comi tudo o que quis. Os mais concorridos, como o cachorro quente francês do Raphael Despirite, deixei para a hora da xepa, até comprei com desconto. Queria ter ido também ao Comida de Rua 24h e ao point do Casserole, numa iniciativa própria do restaurante (achei genial), mas uma vida só tem sido pouco, rs.

 

O Porco à Paraguaia do chef Jefferson Rueda foi assado na própria avenida, durante a madrugada

 

A carne foi marinada por dois dias e passou mais de oito horas assando

 

O resultado: carne macia e pururucada, servida com tutu de feijão e geleia de pimenta (R$ 15)

 

Os chefs Marcelo e Samuel Shoel da  The Dog Haüs levaram o Original Dog, com cheddar, chilli e cebola (R$ 15)

 

A chef Heloísa Bacellar (Lá da Venda) levou seu bolo de milho cremoso, além de pão de queijo, Pacotinho Goiano, tubaína e pacotinho de carne moída.

 

A chef Daniela França Pinto, do Marcelino Pan Y Vino, preparou sanduíches de tortilha (R$15) de costela assada, camarão com mandioca e berinjela com queijo e cogumelos

 

A chef Flavia MariotoMercearia do Conde – ofereceu curry vermelho de frango e curry verde vegetariano (R$15 cada)

 

O chef Renato CarioniCosí – levou o divertido Corndog: salsicha empanada em massa de milho servido com maionese trufada (R$8)

 

Magdalena Torres, da Sabores de mi Tierra, preparou costelinha de porco com arepas de queijo e ají criollo (R$13)

 

1900 Pizzaria vendeu fatias de pizza Margherita, Gratinata (Catupiry, provolone e parmesão) e Calabresa com mozzarella (R$ 6 a fatia)

 

O chef Lucas Corazza vendeu Brownie de chocolate ao leite com banana e cumaru (R$6), brownie de chocolate branco com jabuticaba (R$6) e brownie de chocolate amargo com cupuaçu (R$6). O kit com três pedaços custava R$15

 

O Nakombi participou do evento vendendo Combinado de sushis por R$10, olha que beleza!

 

O chef Dagoberto Torres, do Suri Ceviche Bar, preparou seu Ceviche Clássico (peixe branco, cebola roxa, coentro, milho e batata doce – R$12)  e Manjubinha encevichada (empanada, frita e com molho de Ceviche – R$12)

 

A chef Carole Crema, da La Vie En Douce, levou seu imbatível Bolo Gelado de Coco, Cupcakes nos sabores brigadeiro crocante, bem casado e chocolate com morango. Por deizão você levava três itens.

 

As apresentadoras do Comida Caseira (canal Bem Simples) reunida atrás da barraca: Bárbara Verzola, Ale Blanco, Marina Hernandez e Carole Crema.

 

Os irmãos Carlos e Flávia Ribeiro levaram o Barreado com arroz, banana e farinha do Na Cozinha (R$15)

 

Dona Carmem Virgínia, que atendeu à enorme fila que se formou em sua barraca atrás de acarajés, e Janaína Rueda, do Bar da Dona Onça, que preparou um estrogonofe de carne servido com arroz e batata palha (R$15)

 

Os chefs James Hollister e Milton Freitas, do Antonietta, levaram a Polpeta Love Story, com molho de tomate, pesto e queijo (R$12)

 

Benny Goldenberg, do Mangiare Gastronomia, preparou um inusitado mas muito saboroso sanduíche de dobradinha! (R$15)

 

O restauranteur Hugo Delgado em frente à barraca do Obá, onde o chef Henrique Benedetti preparou tostadas de tinga de carne (R$10)

 

O chef Raphael Despirite – do restaurante Marcel – levou seu disputado Hot Dog à Francesa (gratinado com molho bechamel e queijo gruyère (R$14/R$ 10 na xepa, rs)

 

O chef Carlos Bertolazzi (Per Paolo) levou o Nhoque a Diavollo (peperoncino e calabresa, R$15) e o Nhoque Del Capo (com ragú de fraldinha e fonduta de queijo Maasdam, R$15). Já Vera Bertolazzi (C.u.c.i.n.a.) ofereceu arroz de pato (R$15)

 

Tirei essa foto depois de algumas Margaritas, já no fim do dia. Pardon, não me lembro onde foi…

 

Anoiteceu e ficou o maior clima de quermesse. Só digo uma coisa: foi divertido.

 

Até o ano que vem! Óinc!

Blogs da Folha