Como fazer o hot dog no prato

Como me disse a Paty, “Parece uma causa gigante”. Mas também lembra um escondidinho de salsicha. Com vocês, o hot dog no prato, Osasco edition!

Clique aqui para ver como foi o Festival do Cachorro Quente de Osasco

 

Abra o pão de leite no pratinho, pique duas salsichas em rodelas e espalhe. Esssa é uma versão ‘mini’, me falaram que tem outra ainda maior!

 

Cubra com milho, salada de repolho com cenoura e batata palha

 

Daí começa o  trabalho de reboco: envolva tudo com generosas doses de purê de batata

 

Depois de montado o ‘vulcãozinho’, assente o topo formando uma plataforma.

 

Decore com maionese, mostarda, catchup e o que mais o seu artista interior desejar

 

Pronto: agora é só se entregar ao prazer!

Agradecimentos à dogueira Adriana (passo a passo) e ao blogger-model Jr Ferraro

Comentários

  1. Acho diferente esse costume paulista de adicionar purê de batata ao cachorro-quente. Purê com pão me parece ‘massudo’ demais.
    Bem, cada região com sua peculiaridade…

  2. Tenha certeza que esses Hot Dogs são sensacionais….mto bom mesmo.

    Obrigado Marcelo por ter me deixado com muita vontade de comer um agora.

    Abraços….

  3. Sou paulista e moro no Nordeste. Por aqui chamam o cachorro quente de Passaporte. Leva carne moída, salsicha e outros quitutes.

  4. Olá, Marcelo.

    Um MAX hot dog, muito bom. Seu blogger-model foi o melhor 🙂

  5. Sou nordestino e nunca tinha lido ou ouvido esse termo de passaporte pro cachorro quente!. Coisa de alagoano. Aqui em João Pessoa o cachorro quente é muito popular. A versão que mais sai é o completo: Salsinha, carne moída, tomate verde, cebola e coentro.
    Abraços
    Antônio

  6. Aqui em Curitiba tem inúmeros carrinhos de cachorro quente e a salsicha é chamada de vina. Teve até um festival, a Vinada Cultural. Outro dia conhecemos um vendedor que tinha opções para os vegans com tofu e vários vegetarianos, com a salsicha vegetariana e até opção de cachorro quente doce (sem salsicha, tá).

  7. Parece que o nome passaporte vem de um bar de mesmo nome lá de Macéio, onde se come a iguaria.
    Unabraço e bom apetite.

Comments are closed.