Tapioca com renda de queijo

Quando minha amiga Vanessa Lins, editora do caderno Sabores da Folha de Pernambuco me enviou uma foto da tapioca com renda de queijo, nova modinha local, respondi espantado: “Oxe, mais parece um carpete rasgado”. Falei que faria uma mais bonita e ela pediu para que eu enviasse a imagem no dia seguinte. Fiz e postei no instagram essa foto acima. Daí o Dimas pediu um tutorial, então lá vai.

 

A primeira coisa a se fazer é cortar o molde em papel. Pode ser coração, flor, barrado, e nem precisa ficar perfeito.

 

Como a foto que abre é a flor, vou inverter e usar o molde interno, para criar o efeito de “renda” nas bordas da tapioca.

 

Cubra as bordas com queijo coalho ralado. Tem que ser coalho porque não solta água e fica queimadinho. Ah, usei um daqueles raladores com manivela, para macarrão, e deu certo!

 

Tire o molde e acerte o queijo com as mãos mesmo. Acabei descobrindo que dá para espalhar queijo nas bordas e empurrar com a boca de uma xícara pequena. Dá o mesmo efeito.

 

Cubra tudo com a goma de tapioca, começando pelo meio, com o auxílio de uma peneira, para espalhar melhor. Leve ao fogo alto por 3 a 4 minutos, sem mexer.

 

Voilà: tapioca quentinha e com o queijo coalho dourado nas bordas, fazendo uma “renda de queijo”.

 

Recheie com manteiga e mais queijo coalho frito –tá no inferno, abraça o capeta– e dobre. E coma. E seja feliz. Dica de harmonização: café coado, oxe…