Brodo, bonito e barato

Por Marcelo Katsuki

Com apenas um mês de vida, o Brodo já é um sucesso. Um case de sucesso. Da ambientação moderna e de bom gosto (repare nos azulejos que remetem aos metrôs de Paris) ao menu enxuto e certeiro executado com capricho, tudo remete a uma gostosa sensação de conforto. Comidas com ares caseiros mas com um toque elaborado, preços abaixo da média, uma rotisseria simpática, um restaurante diminuto, tudo despretensioso.

 

Almocei lá ontem e gostei muito. O ambiente é acolhedor e o público em sua maioria é formado por mulheres. O serviço é simpático, há vários produtos bacanas nas prateleiras, de sais a vinhos.

 

Assim que você chega, já ganha uma saladinha para rebater a fome, enquanto espera seu prato ser preparado.

 

O menu tem cinco pratos, uma sopa e uma salada. Fui no ‘best seller’ da casa: Sobrecoxa marinada na cerveja com fetuccine Alfredo e pesto de pistache que custa simpáticos R$ 24,50. A melhor sobrecoxa na cerveja que já comi! Desmancha e tem a pele crocante, resultado de duas horas de forno.

 

Tem também o gostoso Ravioli de picadinho com crisp de couve, ovo frito e banana na manteiga (R$ 27).

 

O “especial do dia” era um Escondidinho de abóbora com carne seca e queijo (R$ 28,20).

 

De sobremesa, Ravioli de brigadeiro frito com sorvete de creme e doce de leite da Tia Dirce por R$ 9. Dá pra resistir?

 

Mariana Valentini, a chef, fica lá correndo de um lado para o outro. Recebe, atende pedidos, bota a mão na massa. Apesar do sucesso rápido, disse que não pretende ampliar para manter esse clima mais intimista, poder trabalhar mais o menu do dia com produtos frescos e ter maior controle da produção.

 

A fachada do Brodo, recuada, com vaga na porta.

 

Os bolinhos caseiros de laranja, que podem ser levados ou comidos ali mesmo, por R$ 7. Vai lá que o Brodo arrasa!

 

Brodo Rosticceriamapinha aqui
Rua Comendador Miguel Calfat, 295, Itaim, Tel.: (011) 2892-2002
Seg. a sex.: 11h às 19h. Sáb. e dom.: 10h às 16h.