Prepare os melhores donuts do mundo

Por Marcelo Katsuki

bon14-donut

Donut da Marisa Ono: levei uns para casa (marmita pós-festa, uma tradição japa) e comi coberto de leite condensado. Sou gordo?

No sábado passado, a nata da comunidade nipo-gastronômica (incluindo este que vos fala, hahaha!) se reuniu para festejar o Ano Novo –ou pelo menos, o início de um novo ciclo– fazendo o que mais gosta: cozinhando, comendo e bebendo. Eu havia faltado à reunião anterior, por isso não podia perder essa sob o risco de ser cortado da Yellow List, rs. E lá fui eu com umas mal acabadas tarteletes de cupim desfiado com requeijão (acho que exagerei na criatividade).

 

bon14-grupo

Foto do grupo pela lente da lolita Akemi Matsuda. Sentiu um clima ‘kawaii‘?

 

bon14-macarronada

Marisa Ono, Telma Shiraishi e Toshi Akuta comandaram a cozinha, de onde saíram tantas delícias, incluindo essa Macarronada frita com molho de tomate (foto acima) do Toshi. Prato que merece ter a receita publicada aqui no blog por seu apelo nostálgico e leve exotismo, rs.

 

bon14-comida

A mesa nem estava finalizada e teve de ser ampliada, de tantos pratos que foram preparados. Ai que fome!

 

bon14-tirashi

O Tirashi preparado pela Telma com o auxílio do Toshi: o shari (arroz temperado do sushi) tinha leve gosto de yuzu (aquele limão japa); parece que foi um toque do Celso Amano, que voltou para o Aizomê.

 

bon14-donaM

Conheci a famosa Senhora M, e achei ela super simpática. Muito articulada e ligeiramente assertiva, como convém a uma obassan de respeito.

 

bon14-lolita

Tinha até uma lolita na festa, a Akemi Matsuda, Embaixadora Kawaii do Brasil. Lolitas estão na moda, até realizaram um encontro hoje na Teakettle Casa de Chá, que deve passar no Fantástico desse domingo.

 

bon14-mesa

O momento mais aguardado: comer tudo e falar um pouco sobre a vida, entre uma hashizada e outra.

 

bon14-donuts

E Enfim provei os famosos donuts da Marisa Ono, do blog Delícia. Ela fez a partir de uma receita do Thomas Keller, do French Laundry, publicada no Epicurious e chegou a um resultado incrível. É daquelas coisas que a gente não consegue parar de comer! Abaixo, a receita da Marisa. Mas aconselho clicar aqui, e ver todo o passo a passo ilustrado no blog dela.

Donuts
(Rendimento 2 dúzias)

Ingredientes:

Comece na noite anterior
– 100 gramas de farinha
– 100 ml de água
– 5 gramas de fermento biológico seco instantâneo
– Misture tudo e deixe por 1 hora crescendo. Leve à geladeira e deixe lá por toda a noite.

No dia seguinte:
– 400 gramas de farinha
– 5 gramas de fermento biológico seco instantâneo
– 100 ml de leite
– 50 gramas de manteiga derretida
– 30 gramas de açúcar
– 3 gramas de sal
– 5 gramas de melhorador (pode ser encontrado no supermercado em sachês, com o nome de Pão Certo; ou em atacadistas e lojas para produtos de confeitaria, em pacotes de 500 gramas)
– 10 gramas de farinha de glúten (encontrada em lojas de produtos naturais)
– 5 gemas
– Cerca de 150 ml de água (na verdade, fui adicionando até chegar na textura certa).
– Essência de baunilha ou óleo de baunilha (opcional)

Preparo
Misture os ingredientes acima. Adicione água aos poucos até formar uma massa macia. Deixe descansando por 10 minutos para hidratar. Depois trabalhe com ela na batedeira, utilizando o gancho para massas pesadas. Isso vai tomar uns 10 a 15 minutos de trabalho, dependendo da potência e eficiência da sua batedeira. Ou máquina de fazer pão. Deixe descansando,coberta com um filme plástico por cerca de 1 hora ou até dobrar de volume.

Adicione a massa (que deverá ter formado uma esponja) que estava na geladeira e trabalhe novamente a massa, ainda na batedeira, por uns 15 minutos. Como a quantidade de água é um pouco incerta (estamos agora tendo um tempo meio seco por aqui), confira a textura da massa. Ela ficará bem elástica. Pegando um punhado com a mão, ela esticará bastante sem se romper.

Ela até que desgruda da mão, mas é um pouco pegajosa. Deixe descansar novamente, coberta com um filme plástico, até crescer bem.

Depois da massa bem crescida, ela terá uma textura menos pegajosa. Tire o ar da massa, amassando-a levemente com o punho fechado. Vire em uma tábua ou mesa, ligeiramente polvilhada com farinha, abra com um rolo e corte dos donuts. Coloque em uma assadeira ligeiramente polvilhada com farinha e deixe que cresçam.

Frite em bastante óleo vegetal quente (mas não fumegando) até que estufem e fiquem dourados dos dois lados. Vá controlando a temperatura. Caso comecem a dourar muito rápido, diminua a chama. Escorra em papel absorvente. Passe cada donut ainda quente, em uma mistura de açúcar e canela. Ou açúcar e açúcar vanille.