Homus: tendência ou modinha?

Por Marcelo Katsuki

hum15-homus

Prato de homus servido com uma carne suculenta e pão pita

Olhando agora a lista das 12 tendências na gastronomia apontadas pela Baum + Whiteman, consultoria internacional de restaurantes e comidas, vi que o homus, aquela pasta de grão-de-bico, será uma das estrelas do ano. Daí me lembrei de uma casa que conheci em Londres em 2010, andando perdido pelo Soho, onde a especialidade era homus com diversas coberturas. Acabei não postando a casa mas para isso existe a FBF (Flashback Friday), rs!

hum15-salao

O lugar ainda existe e se chama Hummus Bros (88 Wardour Street), ou seja, não foi uma modinha passageira. A porção generosa de homus tinha diversas opções de coberturas como cogumelos com cebolas caramelizadas, guacamole, frango e carne. De acompanhamento, queijo feta, ovos, tomate seco ou tzatziki. Os preços variavam de £4 a £8, e vinha com uma porção de pão pita.

hum15-malabie

De sobremesa, um Malabi de £4 na época (hoje está pela metade do preço, pelo que vi no site).

hum15-fachada

Um espaço despretensioso, bonitinho. Tipo um foodtruck sem rodas, rs. Quem vai ser o primeiro a lançar? Ah, segundo a pesquisa da Baum + Whiteman: “hummus is high in protein and fiber and low in fat” (homus é rico em proteínas e fibras e pobre em gordura), ou seja, tem tudo a ver com essa onda de comida saudável que vem assolando o planeta. Será que pega?