Drinques alcoólicos veganos e o Barnivore

Por Marcelo Katsuki

Quando soube que o mixologista Marcelo Serrano, da Brasserie des Arts, tinha criado uma carta de coquetéis veganos para o I Festival de Drinks da Mantiqueira do Restaurante Alquimia, de Campos do Jordão, fiquei intrigado. Afinal, qual drinque não seria vegano? Tirando os que usam mel e laticínios, claro. Mais: que bebidas alcoólicas não seriam veganas?

Foi assim que conheci o site Barnivore, uma plataforma americana que possui um banco de dados que informa quais cervejas, vinhos e destilados são veganos. Você digita o nome do produto e ele informa: “Vegan Friendly”. Ou não. Por exemplo, você sabia que a cerveja Guinness não é vegana? Ela utiliza “isinglass”, um produto derivado do peixe para clarificar a cerveja. No final do ano passado, a cervejaria até anunciou seu plano de se tornar “Vegan Friendly”, eliminando o uso do produto.

 

dv16-serrano-bar

O mixologista Marcelo Serrano (foto: divulgação) e detalhe do bar do restaurante Alquimia

Voltando ao I Festival de Drinks da Mantiqueira, fui conhecer os drinques e devo dizer que foi uma agradável surpresa. Além de gostosos e bem elaborados, utilizam produtos regionais: de frutas, hortaliças e ervas, até as bebidas alcoólicas, selecionadas pela curadora gastronômica Reila Criscia. A ideia do festival é valorizar os sabores e homenagear os produtores da região da Serra da Mantiqueira.

Aproveite esses dias frios para curtir Campos e vá conhecer os drinques, que podem ser harmonizados com os pratos veganos do belo Restaurante Alquimia, localizado ali no Capivari. Durante a semana, o almoço executivo custa atraentes R$ 14,90. Mas vamos aos drinques.

 

dv16-araucaria-amorperfeito

Drink Araucária: manjericão e frutas vermelhas, reunidos ao brandy – destilado de vinho, ao licor de cacau e com leve toque cítrico. Acompanha pinhão salgado, fruto da árvore da Serra. Potente mas equilibrado. Drink Amor-Perfeito: leva sauvignon blanc, do produtor regional Luiz Porto, do sul de MG e também a hortelã-pimenta e grapefruit.

 

dv16-pedrabau-stoantoniopinhal

Drink Pedra do Baú: inspirado na calma que a Serra propicia, traz alfazema curtida no gin, cerveja pilsener Baden Baden Cristal e a pera d’agua, além de um mix cítrico.
Drink Santo Antônio do Pinhal: utiliza a cachaça de jabuticaba Canaquira, produto artesanal de Cambuquira, sul de MG, com maracujá, limão e xarope de amêndoas.

 

dv16-saobento-emerson-caminhodohorto

Drink São Bento: um drinque que acalma e aquece, com capim-santo e gengibre, acompanhados por vodca, mix cítrico e pimenta rosa. Drink Caminho do Horto: mistura vinho tinto orgânico, vodca, physalis, xarope de baunilha e mix cítrico. O vinho utilizado é o Entre Vilas Cabernet Franc, do enólogo Rodrigo Ismael. Foi o meu favorito, junto com o de cachaça de jabuticaba. Os drinques foram preparados pelo barman do restaurante, Emerson Rodriguez (foto acima).

 

dv16-risoto

Risoto de funghi vegano do Alquimia: cremoso e muito saboroso.

Restaurante Alquimia – mapinha aqui
Hotel Serra da Estrela – Av. Mario Otoni Rezende, 160 – Campos do Jordão – Tel. 0/xx/12/3669-8000
Os drinques custam 27 reais cada e o festival vai até o dia 30 de julho.
Fotos: Marcelo Katsuki/Folhapress