Os premiados no Latin America’s 50 Best Restaurants 2016

Por Marcelo Katsuki

A cerimônia de premiação do Latin America’s 50 Best Restaurants está acontecendo agora na Cidade do México com a presença de vários chefs brasileiros, como Claude e Thomas Troisgros, Rafa Costa e Silva, Jefferson e Janaina Rueda, Ivan Ralston, Rodrigo Oliveira e os irmãos Felipe e Thiago Castanho. O vencedor foi o restaurante Central, do Peru.

 

la5016-premiados

Os premiados sobem ao palco.

A grande novidade desse ano foi a presença da Casa do Porco, dos chefs Jefferson e Janaina Rueda, que entrou na 24ª posição e recebeu ainda o prêmio de “melhor estreia (na lista)”, e do restaurante Tuju, do chef Ivan Ralston, na 45ª posição, ambos de São Paulo.

Dentre os brasileiros, o restaurante mais bem colocado na lista foi o D.O.M., do chef Alex Atala, que ficou com a 3ª colocação, seguido de perto pelo Maní, também de São Paulo, dos chefs Daniel Redondo e Helena Rizzo, que ficou na 8ª posição.

O Lasai ficou na 18ª, enquanto Roberta Sudbrack ficou na 25ª.

O Remanso do Bosque ficou em 44º lugar e o estreante Tuju, em 45º.

O ganhador do “One to watch“, restaurante com potencial, foi o mexicano Alcalde, de Guadalajara.

O vencedor de Pastry chef foi Gustavo Soares, do 99, Chile.

A melhor chef mulher foi Kamilla Seidler da Bolívia.

Chef’s Choice, eleito pelos outros chefs premiados, foi Guillermo González Beristáin, do México

O prêmio de “Lifetime Achievement” foi para o chef Claude Troisgros, do Olympe, no Rio.

O prêmio de arte da hospitalidade e melhor restaurante do México foi o restaurante Pujol.

 

la5016-salao

Confira a lista completa:

1. Central – Peru (melhor do país)

2. Maido – Peru

3. D.O.M. – Brasil (melhor do país)

4. Boragó – Chile

5. Pujol – México (melhor do país e prémio de arte da hospitalidade)

6. Quintonil – México

7. Astrid y Gastón – Peru

8. Maní – Brasil

9. Tegui – Argentina

10. Biko – México

11. Sud 777 – México

12. La Mar – Peru

13. El Baqueano – Argentina

14. Gusto – Bolívia

15. Amaranta – México

16. Leo – Colômbia (melhor do país)

17. Olympe – Brasil

18. Lasai – Brasil

19. Pangea – México

20. Ambrosia – Chile

21. Don Julio – Argentina (Highest Climber)

22. Restaurante 99 – Chile (Highest Climber)

23. Parador La Huella – Uruguai

24. A Casa do Porco – Brasil (Best New Entry)

25. Roberta Sudbrack – Brasil

26. Aramburu – Argentina

27. Osso Carnicería y Salumeria – Peru

28. Mocotó – Brasil

29. Criterión – Colômbia

30. Rafael – Peru

31. Elena – Buenos Aires

32. Alto – Venezuela (melhor do país)

33. La Cabrera – Argentina

34. Fiesta – Peru

35. Chila – Argentina

36. Maito – Panamá (melhor do país)

37. Nicos – México

38. Malabar – Peru

39. Corazón de Tierra – México

40. Harry Sasson – Colômbia

41. Isolina – Peru

42. 1884 – Argentina

43. Osaka – Chile

44. Remanso do Bosque – Brasil

45. Tuju – Brasil

46. La Bourgogne – Uruguai

47. Tierra Corada – Paraguai (melhor do país)

48. Dulce Patria – México

49. Andres Carne de Res – Colombia

50. Pura Tierra – Argentina

 

Fotos: Marcelo Katsuki/Folhapress. O jornalista viajou a convite do evento.