World Class Competition elege os melhores bartenders do Brasil e do Paraguai

Por Marcelo Katsuki

O World Class Competition, maior campeonato de coquetelaria do mundo, foi realizado ontem no Eataly, em São Paulo, com 16 bartenders em diversos desafios. Fui jurado da primeira prova, “food paring”, ou seja, harmonização com comidas, incluindo entrada, prato principal e sobremesa. A competição começou às 11h30 e foi até o final do dia, quando finalmente foram anunciados os vencedores.

 

Diogo Sevilio, do Cozinha 212 (São Paulo), é o campeão brasileiro de 2017 e Cesar Ocampos é o campeão paraguaio. Eles irão representar seus países na final do World Class Competition 2017.

 

A entrada a ser harmonizada era uma salada de polvo na brasa com erva doce, crocante de panceta, geleia de laranja e diversas folhas. Os pratos foram criados pela chef do Brace, Ligia Karazawa.

 

Os bartenders Ricardo Puma e Jessica Sanchez.

 

Hora de degustar o prato principal e mais 6 drinques harmonizados.

 

Os competidores Nani Peralta, que preparou um drinque bem delicado, e Gustavo Guedes, que caprichou na apresentação do drinque.

 

Vinícios Kodama, do Ponto Gim, em Curitiba, abriu a competição. O barman tem 23 anos e era o mais jovem competidor.

Os vencedores dessa etapa partem agora para a final global do World Class Competition 2017, que será realizada em agosto, no México.

Fotos: Marcelo Katsuki/Folhapress