A Casa do Porco lança cachorro-quente artesanal e lúdico

Por Marcelo Katsuki

Não é apenas um cachorro-quente. Nem é cachorro, é porco, rs. O chef Jefferson Rueda lançou na semana passada o Hot Pork, sua versão para o cachorro-quente feita com salsicha 100% suína –e que consumiu meses de pesquisa até que ele conseguisse um resultado que agradasse seus clientes mais exigentes: os filhos João e Joaquim.

 

O Hot Pork (R$ 22 – duas unidades) traz a salsicha criada pelo chef –olha o carimbo do focinho!– em um macio brioche feito na casa. O sanduba vem servido em um carrinho com uma grelha que guarda um carvão em brasa e chega soltando fumaça. “Dá até para assar carne nessa grelha”, brinca Janaina Rueda, proprietária do Bar da Dona Onça e esposa do chef.

 

Janaina apresenta outra novidade da casa: a sidra, feita com hibisco e abacaxi, pefeita para acompanhar o Hot Pork. A bebida traz a acidez característica dos ingredientes mas é a doçura do abacaxi que arremata com apuro essa combinação. O copo custa R$ 15, já a garrafa sai por R$ 19, ou seja, dá até para levar para casa.

 

Falando em ‘levar para casa’, você já comeu o misto quente (R$ 15) vendido ali na janelinha na lateral do bar? É bizarro de bom! São duas fatias de pão da casa tostadas com muita manteiga. No recheio, presunto Real Rueda e queijo Pardinho. Até a borda que seria descartada, merece atenção especial: vem cheia de queijo torradinho, crocante e delicioso.

 

O concorrido e animado salão, lotado todas as noites, um fenômeno.

 

Chegou a frota trazendo comida e alegria! Dá gosto de ver a cara de euforia das crianças –e dos adultos também– quando o Hot Pork chega à mesa. Mas aproveite porque ele sairá de cartaz em janeiro de 2018, quando o “Grupo Rueda” deve abrir uma lanchonete só de Hot Pork ali na Epitácio Pessoa. Tá prometido para o dia 24 de janeiro, depois não diz que eu não avisei! 😉

A Casa do Porco Bar – mapinha aqui
Rua Araújo, 124, Centro, telefone: (11) 3258-2578
Fotos: Marcelo Katsuki/Folhapress