Aprenda uma receita fácil de pad thai, o gostoso macarrão tailandês

Por Marcelo Katsuki

Minha referência de pad thai sempre foi o do restaurante Mestiço, o primeiro que comi —e foi paixão à primeira vista. Daí em toda viagem, seja para os EUA ou para a Europa, eu sempre procurava um restaurante tailandês, geralmente em casas de imigrantes, para comer o macarrão; e em cada lugar tinha um sabor. Conclusão: cada um tem a sua versão e enquanto eu não for à Tailândia, sigo buscando pad thai por aí.

Essa receita que apresento abaixo é do chef Kazuo Harada, do restaurante Mee, do Rio de Janeiro. O que me agradou, além do sabor final, foi a simplicidade com que o chef preparou o prato. Achei até fácil, rs. Mas tem alguns segredos como possíveis trocas. Olha só.

Pad Thai de camarões
Chef Kazuo Harada (restaurante Mee)

Ingredientes
– Macarrão de arroz (massa pho)
– óleo
– 300 g de frutos do mar, como camarão, lula e vieiras (também dá para fazer com frango em cubos)
– 1 cebola fatiada no sentido do comprimento
– 2 ovos batidos
– 2 colheres (sopa) de açúcar (se possível, de palmeira)
– 50 ml de shoyu
– 80 ml de vinho chinês (ou 40 ml de saquê kirin + 40 ml de mirin)
– 2 colheres (sopa) de nampla (molho de peixe thai, de aroma forte)
– 1 colher (sobremesa) de pimenta Toban Djan (opcional). É uma pimenta da culinária chinesa bem ardida feito de chili e feijão.
– 1 limão tahiti e 1 limão siciliano
– 1 punhado de coentro e nirá
– 2 punhados de Moyashi (broto de feijão)
– amendoim sem pele

 

 

Preparo
– Deixe o macarrão em água fria por 2 horas para hidratar.
– Em uma wok (ou outra panela larga e de fundo grosso) frite os frutos do mar e a cebola no óleo. Junte os ovos batidos em uma lateral da panela e deixe fritar rapidamente.
– Misture tudo e adicione o vinho chinês, o shoyu, o nampla, o suco dos limões e o açúcar.
– Se quiser bem picante, adicione agora o Toban Djan.
– Coloque o macarrão hidratado (2 porções) e deixe-o cozinhar nesse molho por 2 minutos.
– Junte o moyashi e o nirá e apague o fogo.
– Decore com folhas de coentro, amendoim e fatias de pimenta (opcional) e sirva em seguida em cumbucas.

 

Olha que beleza!

Fotos: Marcelo Katsuki/Folhapress