Conheça jianbing, pinsa e gochujang, tendências na gastronomia para 2018

Por Marcelo Katsuki

O Sterling-Rice Group, agência de marketing sediada em Bouder, no Colorado (EUA) aposta em algumas tendências para o mercado americano em 2018 —e que podem acabar refletindo por aqui também, ainda que com algum delay.

– Os cafés devem explorar os sabores e benefícios que as combinações com as especiarias e as ervas podem oferecer. Como um chai indiano, com camadas de sabores, mas em versões quentes e geladas.

– Depois dos buns e dumplings, chegou a vez do jianbing, um tipo de crepe chinês consumido no café da manhã. Ele vem recheado com molho hoisin, ovos, conservas e às vezes salsichas e bacon.

– As folhas da moringa, conhecida como “árvore da vida” aparecem como um substituto ao matchá e com mais benefícios. Alguns estudos têm provado que seu uso ajuda em problemas de desnutrição e até com doenças degenerativas. No Brasil é possível encontrar as folhas para chá em lojas naturais.

Pinsa, uma antiga receita de pizza romana feita com massa de longa fermentação foi resgatada e deve surgir nos menus em função de sua fácil digestão e de seu modo de preparo.

– A comida birmanesa, de Myanmar, um mix das cozinhas da China, do Laos e da Índia, começa a ser descoberta pelos americanos, com seus sabores ricos e variados.

– A comida segue cada vez mais vista como meio de expressão visual. O Culinary Institute of America vai oferecer aulas de fotografia de comida. Museus de comida explorando não apenas o design mas a experiência visual com a comida.

 

Veja também as tendências na gastronomia da Baum + Whiteman para 2018.

 

Já o Pinterest elegeu as 100 tendências para 2018, sendo 10 só de gastronomia. Seu relatório consolida dados de buscas nas diversas plataformas para gerar uma previsão global de tendências. Abaixo, a lista.

Café da manhã proteico e saudável, com a adoção do whey protein e de superalimentos como a maca peruana batidos no liquidificador.

Sopa detox aparecem como uma alternativa para reorganizar as dietas, batendo os sucos.

Sabores do Marrocos: especiarias como o cominho, o coentro e o cardamomo estão em alta

Proteínas vegetais: tiveram um aumento nas buscas e incluem itens como lentilha, feijão e quinoa

– Ervilhas e edamame são os novos snacks que devem substituir as batatinha chips.

– Temperos coreanos em alta, especialmente o Gochujang, uma pasta fermentada picante e levemente adocicada feita com pimenta seca, arroz glutinoso, soja fermentada e sal.

– As fritadeiras elétricas que utilizam ar quente em vez de óleo (conhecidas como air fryers) tiveram um aumento de 1.809% nas marcações com pins.

– Ghee, a manteiga clarificada vem ganhando destaque por suas característica nutricionais

Sobremesas veganas também tiveram um grande aumento nas buscas.

– Drinques refrescantes e sem álcool fecham a lista de tendências. E aí, de acordo?

Fontes: Culinary Trends SRG 2018 e Pinterest 100.