Receita: cachorro quente nordestino

Atendendo ao pedido da Daniela, segue a receita do Cachorro quente nordestino servido na Copa Gastronômica. A chef Roberta Sudbrack usou parmigiano regiano ralado, o que deu um sabor muito especial, mas se quiser algo com mais terruá, lasca um queijo de coalho ralado mesmo. Vai por mim.

Cachorro quente nordestino
Por Roberta Sudbrack

Ingredientes
Para 12 pessoas

300g de alcatra bem limpa e moída duas vezes
½ cebola picada
1 dente de alho picado
4 tomates sem pele e sem sementes cortado em pequenos cubos
½ pimentão verde cortado em pequenos cubos
½ pimenta dedo de moça sem sementes e cortada em pequenos cubos
30 g de azeitonas sem sementes cortadas em pequenos pedaços
3 ovos caipiras cozidos e cortados em pequenos pedaços
100 ml de tomate pelati passado na peneira
20 g de parmigiano regiano ralado
20 ml de azeite de oliva extra virgem
Sal

Pão tipo francês bem fresco

Modo de preparo:

Em uma panela acrescente o azeite e refogue a cebola e o alho. Acrescente a carne e
refogue até que esteja ligeiramente dourada. Junte os tomates, o pimentão, o pelati,
a azeitona e a pimenta dedo de moça. Cozinhe por mais ou menos 1 hora em fogo
médio acrescentando água quente sempre que necessário. Quando o molho estiver bem
reduzido, quase como uma pasta, tempere e deixe descansar fora do fogo com a panela
tampada por mais uma hora para assentarem os sabores. Aqueça ligeiramente o pão,
retire o miolo e recheie com o molho, um pouco de ovo cozido e parmigiano ralado.

Comentários

      1. Creio, Marcelo, que a pergunta questiona o por quê de se escrever Hot-Dog e não Cachorro-quente…

        1. Obrigado, Mauricio. Mas acho que escrevi “cachorro quente”, não?

        2. a pergunta se refere ao motivo de ser um cachorro quente sem salsicha…..pegou?

    1. Que eu me lembre no norte do Brasil cachorro-quente e hotdog sao coisas diferentes (cachorro-quente é esse pão com carne e hotdog é o tradicional sanduiche com salsicha), eu tinha um colega paraense que sempre me falava isso. O mesmo acontece com torrada no sul do país, para eles torrada é o que a gente daqui de São Paulo chama de misto-quente (daqueles que vc faz na sanduicheira).

  1. Hahahaha, Grace, bota uma salsicha no meio (fica ainda mais gostoso) e oferece tb pro seu sócio, rs! Abs!

  2. Essa é a versão xique do que é servido aqui na roça, conhecido como ‘pão com môio’.
    Pão, carne moída e ‘môio’ de tomate.

    Unabraço e bom a apetite!

  3. Vixe!!! Isso e o que no sertao se chama de “RRottidogui” de pobre! Huaaaaaaaaaa

  4. Só não entendo onde está o “nordestino” na receita da Sudbrack???

  5. Eu acrescentaria coentro nesse cachorro-quente para dar um sabor a mais! Mas desse jeito já está ótimo 😉

  6. Sou de Fortaleza e nunca tinha visto esse hot-dog… Tá mais pra “pão com môio”, como disse o cozinheiro. Hehehehe. Vem de qual lugar do NE esse hotdog? Parece bem gostoso 🙂

    1. Eu conheci um assim em João Pessoa, no Mundial Lanches. Só que usava pão de leite cortado na parte de cima do pão e queijo de coalho ralado. É bom demais!

      1. Frequentava o Mundial Lanches do centro de João Pessoa há uns 25 anos. Funcionava 24 horas e era o point da noite depois da balada. Bom demais. Estive por lá há uns 2 anos e fui no da praia. Mantem o nivel. Parabens pelo post. Valeu pela lembrança!

  7. Sou do Nordeste e para essa receita ser considerada um cachorro quente, por aqui, faltou o ingrediente principal, a salsicha.
    Nunca comi, aqui na minha terra, um cachorro quente sem salsicha.

    1. Talvez seja um cachorro quente paraibano, rs. Lá, a salsicha é opcional.

      1. Na Paraiba cachorro quente era com carne moida e hot dog com salsicha. Simples assim. rsrs

      2. Vc tá certo Marcelo, aqui em João Pessoa esse é um clássico vendido por toda a cidade, até de madrugada, há várias décadas, o Salsichão, basicamente: pão, salsicha, carne moída com ou sem acompanhamentos, queijo ralado, ovos de codorna, um mix tipo vinagrete, batata palha, etc…, e para os que não apreciam, pode vir sem a salsicha!!!

  8. Faltou a batatinha, não batata palha mas a que em outros lugares chamam de batata inglesa, cortada em cubinhos e cozida junto. De fato, a função dela é encher, ou como diríamos, dar sustança, mas se for reparar bem ela tem a nobre função de engrossar molho. Meus amigos cariocas ficavam malucos quando eu colocava batatinha no cachorro-quente… Ah, e não pode faltar cominho!

  9. Ola’, diga a Roberta que se ela chamasse esse prato de
    panni et ragu , eu entenderia 🙂

  10. Isso é o famoso pão com carne moída!!
    Mais conhecido como “Buraco Quente”.Muito Bom.
    Abs!!

  11. Nossa, minhas lontrabrigas estão em crise depois que li a receita, vou providenciar os ingredientes e esperimentar…

  12. De onde você tirou que no Nordeste come-se com carne moída? Seria bom especificar o Estado, por que na Bahia e Sergipe isso não existe em lugar algum!

  13. Deve ficar mesmo Duas Delícias! Mas o cachorro não está mais italiano que nordestino?…;o)

  14. FALTOU, BATATINHA, COENTRO E SALSICHA, QUEIJO COALHO,COMINHO…..ARACAJU. SERGIPE……

  15. Marcelo esse lanche não remete a nenhum lanche reconhecidamente nordestino, talvez em algum estado de lá, ele exista como citado por vc, mesmo assim não é muito comum. Além disso ele não possui nenhum ingrediente tipicamente nordestino, o batismo desse lanche é uma licensa poética, rss. Estive na feira gastronomica, mas não provei esse lanche, mas assiste a maravilhosa palestra da Roberta, pra mim foi uma palestra e não uma aula show.

  16. Sempre fiz aqui em casa e nem sabia que se chamava cachorro-quente nordestino. Para mim não tem coisa melhor no pão! Aproveito para te agradecer a receita de karê. Adorei a receita e adoro você! Abs!

  17. o nome “hotdog nordestino” eh forçação de barra pura e simplesmente , eh o desejo dos chefs de hoje em dia serem tambem arqueologos, sociologos e descobridores do Brasil, a sorte neste caso eh q a Sud cozinha muito. olha so o que falam por lah, no Nordesti… em Pernambuco, cachorro-quente é um sanduíche feito com carne e linguiça calabresa moídas e refogadas com uma série de temperos, servido no pão conhecido como de “hot-dog”. Se o indivíduo desejar um sanduíche de salsicha deve solicitar um “hot-dog” (pronuncia-se localmente “róti dógui”).
    hahahahhahahahahhahahahahha

  18. Como 300 gramas de carne vão dar para 12 pessoas? É servido só com uma fatia de pão mesmo?

  19. Antigamente em Fortaleza, no Pedão da Bananada, no antigo Abrigo Central, consumia-se esta iguaria com o nome de “gostosinho”.

Comments are closed.