Comida de rua na madrugada

Na virada do dia 21 para o dia 22 de abril (madrugada de sábado para domingo) acontece O Mercado, uma das propostas mais bacanas que surgiram nos últimos tempos no quesito comida/rua/balada.

Checho Gonzales e Henrique Fogaça vão reunir chefs no pátio da Galeria Vermelho (foto, onde funciona o Sal) para servir comidinhas de rua com preços entre R$ 5 e R$ 20 em barracas montadas no espaço. Vai ter de vinhos a margaritas, de samosas a arepas rolando a madrugada toda, além de música e projeções. A entrada é franca, você só paga o que consumir.

 

Chefs participantes e o que vão servir:

– Alexandre Leggieri/Herbert Bierwagen – Cannoleria (cannoli)

– Carlos Ribeiro – Na Cozinha Restaurante (buraco quente)

– Checho Gonzales – Cebicheria Gonzales (anticuchos e cebiches)

– Daniela Bravin – Bravin (vinhos e coquetéis)

– Dagoberto Torres – Suri Ceviche Bar (arepas)

– Deepali Bavascar – Sabores da Índia (samosas vegetarianas)

– Henrique Fogaça – Sal (sanduíche de carne seca, queijo de cabra, tomate e rúcula)

– Janaina Rueda – Bar da Dona Onça (arroz de puta rica)

– Lourdes Hernandez – Casa dos Cariris (tostadas, margaritas e micheladas)

– Marcos Carnero – Pão filosófico (pães)

– Pipa/Kerstin – Comida de Papel (hambúrgueres)

– Rene Aduan Jr. – Alma Rústica Gastronomia (defumados e hidromel)

– Tibira – Caos (coquetéis)

 

O Mercado – 21/22 de abril (das 23h30 do sábado até 5h da manhã de domingo)   mapinha aqui
Pátio da Galeria Vermelho/Sal Gastronomia – R. Minas Gerais, 352 – Higienópolis

Comentários

  1. Sorry, Marcelo! Os quitutes parecem deliciosos, mas nesse dia tenho um encontro marcado com um velhinho de 70 anos. Ele é americano e toca guitarra, violão e gaita. Não deixarei o Bob Dylan na mão. Por favor, publique a dica da próxima edição do evento aqui no blog. Mil abraços, Paula.

    1. Eu acho que dá pra ver o velhinho e depois se jogar na comida de rua. O evento vai até as 5h.

      1. Oba, então já vou armar um esquema para sair do show e ir até lá! A noite será maravilhosa.

  2. Ótima notícia, principalmente se for pra reunir um público mais interessante e se os preços forem como os de NY, Paris, Barcelona, pois atualmente os preços nos restaurantes em SP e Rio, estão Proibitivos, são os mais caros do Planeta e não se justificam!!!

    1. Davilson, acho que não será caro, pois a proposta é comida de rua. Vamos conferir!

  3. Eu ouvi dizer que os preços serão em torno de R$ 5 a R$ 20. Também adorei a idéia e irei com certeza. Aliás, o Checho é brilhante, ele é o (ou um dos) criadores do Pic Chic, um pic nic com comidas gourmets, obviamente, em um parque que terá sua 3ª edição no Parque da Aclimação dia 28/04. Também estarei lá !

  4. Esse evento é o mesmo que acontece no Rio de Janeiro, O Mercado, feira de moda e design? Agora vocês estão trazendo pra Sampa, numa versão gastronômica?

    1. Não, é outra coisa, só o nome é igual. A proposta é comida de rua na madrugada. Abs!

  5. Engraçado, tem um evento de moda com o nome “O Mercado” que acontece no RJ desde 2010. Até achei que era ele indo para SP…

    1. Não é. Mas nesse finde tem dois eventos de música aqui vindos do Rio e um tem samba! 😉

  6. Consegui chegar até a esquina, mas com chuva e fome não foi possível esperar, pois a fila estava demasiada longa (espectativa de esperar mais de duas horas…)! Muita gente foi procurar outras opções pela região, pois o transito ( à uma da manhã) estava uma loucura!
    Espero que o próximo evento seja em um lugar maior, para poder finalmente provar as delícias dos chefs!

Comments are closed.